Visitação aos boxes no Rio de Janeiro foi um sucesso

O mundo do automobilismo é um mundo fascinante para muitos fãs de velocidade.

Sempre foi um universo mais reservado, onde muita gente nunca sonhou poder chegar perto dos carros, muito menos dos grandes ídolos.

Algumas categorias criaram o ingresso de visitação aos boxes, para os fãs poderem conhecer de perto as máquinas e pilotos, tirando fotos e se divertindo. No Itaipava GT Brasil não é diferente, com um ingresso de apenas R$ 35,00, é possível um fã visitar os boxes no horário estabelecido pela organização.

Na etapa do Rio de Janeiro, pouco depois das 10:30, pudemos ver o publico entrando nos boxes, através de um acesso criado que atravessava as duas retas de Jacarepaguá, proporcionando ainda a oportunidade dos fãs andarem na pista onde as super máquinas viriam a passar.

Muitas pessoas andavam pelo pit lane e o assédio era grande em todos os boxes, carros e pilotos. Tinham muitas famílias, amigos, casais e pessoas que foram sozinhas para acompanhar o evento que pode ser o ultimo em Jacarepaguá. ” Alem de ser um negócio diferente, um universo onde é difícil você estar ali para ver. A oportunidade foi maravilhosa, pessoal super simpático, todos os pilotos. Não descriminam ninguém. Dão atenção a todo mundo, tiram fotos com todo mundo. Foi uma sensação inenarrável, a verdade é essa” disse: Pablo Medina, em sua primeira vez em uma visitação aos boxes onde levou seus dois filhos e um amigo.

No boxe da equipe Dragão Crystal Racing Team, os fãs tiveram a oportunidade de ver e fotografar as duas primeiras Ginettas do Brasil, com direção do lado inglês, e os pilotos Carlos Burza e Rodrigo Hanashiro da Ginetta 81, e Marçal Melo e William Freire da Ginetta 82. Eram muitas pessoas tirando foto com Burza, que ficou em frente a Ginetta 81.

Além das super maquinas e dos pilotos, os fãs de automobilismo puderam ver as beldades que ajudam a embelezar o pit lane. As grid girls também pararam os boxes e muita gente pode tirar foto delas e com elas (teremos uma matéria sobre as Grid Girl do Rio de Janeiro). Eram homens e mulheres querendo um momento ao lado das garotas de vermelho, que enfeitavam em alto nível os boxes do Rio de Janeiro.

“Os cariocas formam um público agradável e carinhoso e é uma pena que apesar de amar o automobilismo, sejam tão desprezados pela municipalidade que fez pouco caso de um patrimônio que era orgulho de todo o Brasil. O Autódromo Municipal Nelson Piquet, em Jacarepaguá”, diz Carlos Burza, que participou de um abaixo assinado dentro do autódromo, contra o fechamento (em breve, matéria com o abaixo assinado).

Entorno de 11:30 o publico começou a retornar para seus lugares e com isso começou a movimentação para a largada da segunda corrida da etapa carioca, onde Burza e Hana completam a prova em sétimo lugar


Vejam outras fotos da visitação aos boxes:


Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: